No dia 31 de março de 2021, a secretária regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, deslocou-se novamente ao Norte da ilha para entregar a mais três famílias apoios que se destinam a recuperar as suas casas, destruídas pelo temporal de 25 de dezembro, em São Vicente, num montante total de 96 mil euros, que serão atribuídos em três tranches, consoante o evoluir das obras. Esta é a terceira vez que Augusta Aguiar entrega em mãos cheques aos afetados pela intempérie.
Este apoio do Governo Regional, a fundo perdido, contempla, ao todo, dezasseis agregados familiares, numa despesa global prevista de 600 mil euros, e é atribuído através do Programa de Recuperação de Imóveis Degradados, gerido pela IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM.
Após o temporal, para apoiar as famílias afetadas, o Governo Regional adaptou o Programa de Recuperação de Imóveis Degradados, possibitando apoiar especificamente famílias que viram as suas casas de habitação permanente danificadas e a carecer de recuperação total ou parcial na sequência da grave intempérie ocorrida no Dia de Natal de 2020.