O Governo Regional vai lançar, nas próximas semanas, concurso para a obra de reabilitação e beneficiação do Conjunto Habitacional das Romeiras II, localizado na freguesia de Santo António, Funchal. O investimento de um milhão e 35 mil euros prevê uma intervenção nos dez blocos de habitação, num total de 60 fogos, bem como nas zonas comuns, tendo como objetivo a melhoria do desempenho energético.

Integrada no programa de Reabilitação e Melhoria de Eficiência Energética nos Complexos Habitacionais da IHM, com esta intervenção, a juntar à já anunciada de 1,3 milhões de euros no Conjunto Habitacional das Romeiras I, ficarão reabilitadas todas as habitações sociais do Bairro das Romeiras, perfazendo um investimento de dois milhões e 335 mil euros.

As obras estarão a cargo da Secretaria Regional de Inclusão Social e Cidadania, que tutela a IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM, estando o início previsto para o Verão deste ano e a conclusão para o final de 2022.

Serão instalados painéis solares individuais para aquecimento de águas domésticas, aplicado isolante térmico nas coberturas e paredes exteriores e substituídos vãos por caixilharia de vidro duplo, assim como colocadas novas lâmpadas mais eficientes, de tecnologia Led.

De uma forma geral, será possível reabilitar e renovar de forma decisiva todo o exterior dos edifícios, mantendo os traços e características originais, dotando os fogos existentes de melhores condições de conforto ao nível térmico, acústico e energético.

Importa sublinhar que o Bairro das Romeiras (Complexo Habitacional das Romeiras I e II) foi inaugurado na década de 90 e é constituído por 21 blocos, num total de 148 fogos.

INVESTIMENTO TOTAL DE 6,8 MILHÕES DE EUROS

Até ao momento, no âmbito do programa de Reabilitação e Melhoria de Eficiência Energética, já foram lançados concursos para reabilitação e melhoria de eficiência energética dos conjuntos habitacionais das Romeiras I, na freguesia de Santo António, como referido, e no de Casais de Além, na freguesia da Camacha.

Prevê-se, para além destas intervenções e da aqui anunciada (Conjunto Habitacional das Romeiras II), efetuar obras na área da eficiência energética nos complexos habitacionais de Santo Amaro, no concelho do Funchal; nos complexos habitacionais da Achada, Balseiras e Jardim da Serra, no município de Câmara de Lobos; no Bairro das Figueirinhas, no concelho de Santa Cruz; e no Conjunto Habitacional do Seixal, no concelho do Porto Moniz.

O investimento global, previsto concretizar-se até finais do próximo ano, representa um investimento total de 6,8 milhões de euros, dos quais três milhões são cofinanciados por fundos europeus, no âmbito do programa Madeira 14-20, e o restante pelo ORAM, dos anos económicos de 2021 e 2022.