No âmbito da 8.ª Geração do Programa Escolhas, foi aprovada a candidatura do Governo Regional, através da IHM - Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM, relativa ao Projeto Renascer@Nogueira, com o valor total de 117.600 euros.

A iniciativa é de âmbito nacional e visa a integração social de crianças e jovens, particularmente as provenientes de contextos com maior vulnerabilidade socioeconómica.

Entre as 157 candidaturas submetidas à 8.ª Geração do Programa Escolhas, com vigência até 31 de dezembro de 2022, foram aprovadas 105, sendo duas delas da Região Autónoma da Madeira. Renova-se, desta forma, a participação da IHM, que já fora selecionada na 6.ª e 7.ª gerações do programa.

Nos últimos anos, o Governo Regional, através da IHM, tem vindo a investir na inclusão social dos moradores dos vários complexos habitacionais que gere. Assume-se, desde 2016, como entidade promotora do Projeto Renascer@Nogueira, através de um conjunto de intervenções que visam a inclusão social de crianças e jovens do concelho de Santa Cruz. Pela pertinência e eficácia das suas ações junto da comunidade local, a continuidade do referido projeto reveste-se de grande relevância.

O Projeto Renascer@Nogueira - E8G surge da necessidade de colmatar comportamentos de risco associados ao contexto territorial onde se insere a população-alvo, fomentando-se uma intervenção preventiva e sistémica. Após a elaboração de um diagnóstico, realizado com maior especificidade no Bairro da Nogueira, constatou-se que uma das problemáticas principais é o número elevado de jovens NEET, ou seja, jovens que não trabalham, nem estudam, nem frequentam qualquer formação. Assim, o projeto terá como destinatários crianças e jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 25 anos, tendo como objetivo gerar respostas promotoras de inclusão social, dotando os destinatários de competências socioeducativas, através da dinamização de um conjunto de atividades de promoção da educação, inclusão digital, formação e qualificação, dinamização comunitária, saúde, participação e cidadania.

O projeto, que tem como entidade gestora a Associação Casa do Voluntário, mobilizou uma rede considerável de parceiros locais e regionais que trabalham em prol da causa social, unindo sinergias para colmatar as necessidades emergentes da população.

A IHM pretende, com este projeto, criar um impacto positivo na comunidade e dar resposta às problemáticas de inatividade, desocupação, ausência de projetos de vida sólidos e insucesso escolar verificado em crianças e jovens, diminuindo significativamente os comportamentos desviantes e a consequente conotação estigmatizante do Bairro Social da Nogueira.

Numa visita ao Bairro da Nogueira, a Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, relembrou que “a política de proximidade é indispensável na concretização da política habitacional, pelo que é necessário inovar na intervenção social, integrando as famílias, os parceiros públicos e privados, através do desenvolvimento de projetos de cariz social. O Projeto Renascer@Nogueira é um exemplo destes projetos e vai ao encontro de um dos objetivos estratégicos do Governo Regional, na área da habitação social: o de melhorar a intervenção física, social e o desenvolvimento integrado nos complexos habitacionais geridos pela IHM.”