O Governo Regional vai requalificar o espaço verde público conhecido como ‘Mata da Nazaré’. A intervenção será feita em cerca de 12.500 m² e vai transformar todo o espaço, com o reforço da atual área verde, a construção de uma cafetaria com esplanada, a instalação de um palco, e novos equipamentos e mobiliário urbano. A obra estará a cargo da Secretaria Regional de Inclusão Social e Cidadania, entidade que tutela a IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM, e representa um investimento total de meio milhão de euros.

Nesta requalificação da área envolvente ao Bairro da Nazaré serão plantadas espécies arbóreas, arbustivas e herbáceas, definindo-se um espaço verde mais consistente, de maior valor ornamental e maior utilidade para a população local. Na zona central, será plantada uma área relvada de uso múltiplo.

Para além do palco coberto, que terá o formato de coreto, será construída uma cafetaria com esplanada e instalado um circuito de manutenção com equipamentos desportivos, um núcleo de recreio infantil e de atividade física, direcionado para as várias gerações. Ao longo de toda a área, será colocado mobiliário urbano diverso, como bancos, mesas e sinalética, e serão edificados núcleos de apoio.
Toda a área será coberta por uma vedação, sendo criado um percurso pedonal e outros complementares nas periferias, com acessos de viaturas e zonas de estacionamento.
A obra deverá iniciar-se nos próximos meses e será executada em duas fases, sendo que a primeira prevê-se estar concluída no final deste ano e a segunda no final de 2022.

Importa referir que a Mata da Nazaré é atualmente um espaço verde que contém um conjunto arbóreo de alguma densidade, com percursos pedonais marcados por lajetas de betão e alguns bancos de jardim.
O Complexo Habitacional da Nazaré é constituído por 1.435 fogos, sendo 694 destes geridos pela IHM, o que representa uma população de quase duas mil pessoas.

O anúncio da requalificação foi feito, no dia 13 de março de 2021, pelo Vice-Presidente do Governo Regional, Pedro Calado, numa visita à Mata da Nazaré. O governante lembrou que a gestão deste espaço esteve, até março de 2020, a cargo da Câmara Municipal do Funchal, tendo o Executivo – agora que tem a sua posse –, decidido proceder à requalificação do espaço verde, através de um projeto dotado de novas infraestruturas, que promoverá o convívio intergeracional e permitirá a realização de atividades lúdicas e culturais, promotoras da inclusão social e da melhoria da qualidade de vida da população.

“A Vice-Presidência e a Secretaria Regional da Inclusão Social e Cidadania têm estado em articulação para que este projeto avançasse o mais rapidamente no terreno e por forma a garantir uma requalificação que não só representará uma mais-valia para a população daquele complexo habitacional, mas também para toda a cidade do Funchal”, realçou Pedro Calado.