A Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania apresentou a Estratégia Regional de Habitação (ERH), um instrumento que agrega «todas as medidas que têm vindo a ser implementadas pelo Governo Regional na área de habitação social e constitui uma forma de dar resposta às necessidades habitacionais identificadas nos vários concelhos da Região Autónoma da Madeira».


Augusta Aguiar frisou que a Estratégia contém «uma série de medidas que visam garantir as condições de acesso a uma habitação condigna a quem não tem as condições financeiras para tal».

Por sua vez, o Presidente da IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM destacou que a ERH, um documento pioneiro, «tem por base um diagnóstico das carências existentes relativamente ao acesso à habitação, desagregado por concelhos».

Bruno Pereira evidencia que é «um enquadramento estratégico para a atuação em matéria de habitação, o qual pretende ser transparente, pragmático e mensurável, que direcione e articule as políticas públicas de habitação, bem como oriente as entidades privadas».
Refira-se que a Estratégia tem um horizonte temporal de dez anos, ou seja, entre 2020 e 2030, resultando da articulação com as estratégias locais existente e contando com os contributos de todos os municípios.